10 dicas que vão fazer você querer viajar de bicicleta

Cicloviajantes dão dicas inspiradoras para quem pensa em viajar de bicicleta

Assim que pensamos em viajar de bicicleta, tivemos vários receios, dúvidas e medos. Afinal, uma longa viagem é algo que envolve muitas questões e que acaba trazendo algumas consequências: abrir mão da casa, do emprego, da rotina diária, dos encontros com a família e amigos, etc. E isso tudo acaba influenciando muito na decisão. Com tantas questões envolvidas, a tendência acaba sendo desistir, optar por deixar as coisas como estão e deixar a viagem para depois.

Mas quando se fala de realizar um sonho, abrir mão de certas coisas costuma ser inevitável. É uma questão de escolha, você abre mão de algumas coisas mas ganha muitas outras em troca. E ao viajar de bicicleta isso não é diferente. Para sentir mais confiança nessa escolha, nada melhor que buscar informações e relatos de pessoas que já fizeram algo parecido com o que você tem vontade de realizar. Ao ver que outros já fizeram aquilo e ao ler os relatos, parece que liga um botãozinho no coração que faz você se sentir mais confiante. Pensando nisso, convidamos 10 cicloviajantes para dar algumas dicas importantes para as pessoas que estão pensando em começar a viajar de bicicleta. Inspire-se com as dicas a seguir:

 


Viajar de Bicicleta - Thiago Fantinatti - Trilhando SonhosThiago Fantinatti
Trilhando Sonhos

Tem que sonhar. Se você não sonhar, idealizar e se jogar, pode ser que a sua viagem seja sem graça ou mesmo que você desista perante os desafios.

Com o sonho na cabeça, vem um pouco de planejamento. Pelo menos uma ideia de onde ir eu acho que a pessoa tem que ter. E acho muito importante fazer um teste antes, uma viagem curta de uma semaninha pra sentir como é sair pra pedalar e não voltar pra casa no mesmo dia. Encarar um perrengue é fundamental.

 


Roberto Ambrósio Filho
Vestígio de Aventura

Viajar de Bicicleta - Beto Ambrosio - Vestigios de AventuraÀs pessoas que querem viajar de bicicleta, eu recomendo que simplesmente deixem tudo pra trás. O medo, a preocupação, a culpa, colocando na garupa apenas a coragem, a confiança, o amor e o respeito pelos seres humanos.

Peça a sabedoria necessária, entregue-se, confie, aceite o que a vida tem a lhe mostrar e, é claro, agradeça por cada situação vivida.

 

 


Viajar de Bicicleta - Julie Assencio e Thiago Ruiz - Dioca na EstradaJulie Assêncio e Thiago Ferreira Ruiz
Diocá na Estrada

Eu diria para ter muita confiança na sua decisão. Pesquise bastante, pegue depoimentos de pessoas que já fizeram. Veja se está disposto a desapegar de muita coisa, principalmente do conforto.

Se você estiver totalmente confiante de que é isso que você quer fazer, comece a agir e tomar as primeiras providencias com muito foco e determinação. Quando você menos esperar, vai estar na estrada vivendo a experiência mais fantástica de sua vida. Não tenha medo!

 


Ismael Godoy e Karina Ferreira
O Bonito do Caminho

Viajar de Bicicleta - Ismael e Karina - O Bonito do CaminhoAcho que a principal dica que podemos dar, e que aprendemos na prática, é que precaução é diferente de medo. Quando falamos em viajar de bicicleta as pessoas que nunca tiveram contato com nada relacionado ficam apavoradas, falando dos perigos das estradas movimentadas, dos assaltos, sequestros, relembram casos do maníaco não sei de onde, e por aí vai. Claro que são perigos reais, mas estamos sujeitos a eles não somente numa viagem de bicicleta: são situações que podem nos alcançar na nossa rotina, num dia comum.

Por isso é importante sempre estar bem prevenido, tipo imaginar todas as situações catastróficas que possam acontecer e estar preparado para evita-las, seja com ferramentas ou com planos B. Fazendo isso, além de diminuir muito o número de perrengues que você vai passar na viagem (não adianta, por mais bem prevenido que você esteja, o perrengue sempre vai aparecer pra dar um oi), estar melhor preparado também aumenta o nível de confiança de que tudo vai dar certo, e isso, muitas vezes, acaba funcionando.

 


Viajar de Bicicleta - Fabio Nazareth - Pedalentos

Fábio Nazareth
Pedalentos

Vontade e determinação para realizar a viagem é o passo mais importante para colocar a bicicleta na estrada, existe uma grande variedade de livros e relatos na Internet sobre pessoas que pegaram a bicicleta e realizaram viagens incríveis.

O mundo está aí para ser descoberto e a bicicleta é uma excelente companhia para isso.

 


Fábio Felisky
Livre = Vento

Viajar de Bicicleta - Fabio Felisky - Livre=VentoNão pense, não tenha medo, pois o pensamento ele é enganador, então faça o que seu coração lhe chama, sinta esse chamado para essa aventura, sinta a liberdade, sinta a cada amanhecer um renascer do seu ser. E na bagagem não precisa levar muita coisa não. O principal a se carregar está no coração, e daí sim você pode levar em abundância na bagagem muita paz, amor, alegria, humildade.

Enfim, tudo o que você gostaria de encontrar e compartilhar com aquela pessoa que você nem conhece e nunca viu na sua frente, mas que  em apenas alguns minutos de conversa ela já sente a pessoa que você é e quando você menos espera, te convida para compartilhar suas aventuras e suas histórias com a família dela. E assim, mais uma história fica marcada em sua viagem.

 


Eduardo Lemos
Mercadinho da Bici

Viajar de Bicicleta - Eduardo Lemos - Mercadinho da BiciSimplesmente, vá!

Encare com todo fervor da vida aquele medo que temos diante de um caminho ainda desconhecido, frente àquilo que só ouvimos falar e quase nada experimentamos. Vá ver que o mundo é muito diferente da televisão e que por aqui transitam mais almas boas e evoluídas do que amarguradas em ódio.

Programe-se, esboce uma rota, um plano ou um objetivo, mesmo que não sejam seguidos à risca – e há chances de isso acontecer – são estes planejamentos que irão lhe manter vivo dentro de seu próprio sonho. Perder-se nele é estar nu e só no mais tenebroso inverno siberiano.

Na vida o que realmente importa não é o número de folhinhas que destacamos no calendário, mas como vivemos cada uma delas. Alguns vivem cem anos em um, outros apenas existem.

Vá, antes que as coisas menos importantes da vida roubem o seu sonho.

 


Antônio Olinto e Rafaela Asprino
Projeto de Cicloturismo no Brasil

Viajar de Bicicleta - Antonio Olinto e Rafaela Asprino - Projeto de Cicloturismo no BrasilAcreditamos que a viagem, uma vez sonhada, ainda na mente da pessoa, já pode ser encarada como uma realidade latente, algo que deve ser concretizado, assim como a maioria de nossos sonhos.

A princípio, nada é mais poderoso do que o sonho, ele indica o caminho pelo qual devemos andar. Já vimos pessoas viajando com os melhores e piores equipamentos, com o melhor e pior condicionamento físico, com muito e pouco dinheiro. O que todos tem em comum é a vontade de realização desse sonho e de interagir com o mundo de maneira profunda.

É claro que aprender com a experiência de outros viajantes pode evitar desgastes desnecessários, nosso trabalho é justamente este, de orientar os que estão começando e evoluindo nessa atividade. Mas nossa mensagem principal para os que pensam em começar a viajar de bicicleta é que o façam! Experimentem dentro de suas possibilidades financeiras e de tempo. Só com a prática é que cada um terá a percepção real de suas necessidades e soluções.

 


Ana Vivian e André Costa
Pedarilhos

Viajar de Bicicleta - Ana Vivian e Andre Costa - PedarilhosQuando alguém chega e diz “Estou querendo viajar de bike” já sabemos, a semente está na terra fértil da imaginação, falta só germinar. Ao conversar com esta pessoa é como regar essa semente com um tanto de ânimo, um punhado de desconstrução sobre o “monstro” do desconhecido e uma pitada de jogar a dúvida de volta, tudo isso diluído em muita conversa sobre duvidas técnicas e práticas.

O que o motiva a sair de casa e passar por tanta coisa difícil? Nenhuma experiência será igual a de outra pessoa, embora em 99% dos relatos de cicloviajantes o balanço final é extremamente positivo, pode ser que pra você não seja… Não existe certeza de final feliz. A dúvida, a curiosidade, ela está ali como uma força motriz.

Investigue se há sinceridade na motivação. Saiba que no caso de dúvidas no “meio” do caminho, não tem problema, é só voltar. Não tem sensação pior do que a de não ter tentado. Mas nunca será tarde demais, só não adie muito, não engane a você mesmo com falsas desculpas.

Muitas pessoas vão querer te desencorajar, é o medo delas sendo projetado em você, e talvez seja seu medo também. O medo é bom pra te colocar em alerta, mas não pra te impedir de fazer o que te faz feliz.

Algumas pessoas vão duvidar de sua capacidade, isso é baboseira, a hora que parar de ser divertido, deu! Volta, ou pega uma carona na subida! Você não precisa provar nada a ninguém.

Algumas poucas, bem poucas pessoas mesmo, vão te encorajar. Se agarre na energia que emana deste pequeno e seleto ultimo grupo. Se for pra durar uma semana, dois meses ou cinco anos, não importa, o passo mais difícil é o da porta de sua casa pra fora, é a mudança de realidade num simples giro de pedal.

Depois disso, o mundo é seu, dificuldades são aprendizados, alegrias pequenas ganham proporções gigantes, o passado fica em suspenso, o futuro, relaxa que você vai saber daqui a pouco, e o presente, ah! Você vai descobrir… é um presentaço!

 


Ada Cordeiro
Uma Pedalada pela América

Viajar de Bicicleta - Ada Cordeiro - Uma Pedalada pela AmericaEu sempre gostei da bicicleta, ela sempre fez parte da minha vida. Mas viajar de bicicleta é algo relativamente novo. Em 2013 saí pra minha primeira viagem. O que posso dizer aos que querem iniciar é que comecem, essa é a parte mais difícil. Mas dado o primeiro passo é difícil parar. Se você quer apenas experimentar comece com viagens curtas e depois, se você gostar da ideia por que não uma(s) um pouco mais longa(s)?

Eu só posso dizer que o cicloturismo foi como uma janela que se abriu na minha vida. Agora vejo as coisas com mais cor, com mais amor, com mais sensibilidade. Eu posso dizer que SIM, sou uma pessoa mais plena e feliz depois dessa experiência linda. Espero ver cada dia mais e mais pessoas seguindo este lindo caminho pedalante.

 


E aí, essas dicas te inspiraram? Comente aí embaixo. Gostaria de mais informações sobre viajar de bicicleta? No post Viagem de Bicicleta?! Mas por que de bicicleta? falamos sobre esse tipo de viagem e em Cicloturismo: uma viagem que pode mudar sua vida fizemos um texto a partir do relato de 8 cicloviajantes, sobre a sensação de viajar de bicicleta. Confere lá!

Facebooktwittergoogle_plusmail
  • Leonardo

    Adicionaria o Felipe Baenninger do Projeto Transite!

  • Gabriel

    Outros que me inspiraram muito acompanhando as viagens pela internet Marta do http://www.facebook.com/vidapedaleira e o Fernando http://www.facebook.com/descobridordaamerica eu estou largando.com minha bici essa semana sentido nordeste..

    • Legal, Gabriel! Acompanhamos a Marta. Já o Fernando, ainda não conhecíamos, valeu pela dica! Você vai registrar sua viagem em site ou Facebook? Ótima viagem pra você!!! Bons ventos!

  • Cesar Pedalando

    Me identifiquei com o Eduardo Lemos. Quando saí na primeira viagem, o planejamento foi praticamente inexistente, só sabia que iria… e fui.

    Deu certo. Tão certo que não quero outra vida. Estou ajustando uns detalhes em família e proximamente sairei em uma grande viagem de alguns anos. Não me ajusto mais às amarras da sociedade atual, que nos privam de sentir realmente o que é a Vida.