Pela Vida Afora: o projeto

Conheça o projeto Pela Vida Afora

Um casal e seus dois cães em uma longa viagem de bicicleta pela América do Sul. Esse é o projeto Pela Vida Afora, que consiste no registro e compartilhamento por meio de textos, fotos e vídeos, das experiências de um casal e seus cães em uma cicloviagem no qual viverão a experiência de conhecer novos lugares, pessoas, culturas e estilos de vida; ao mesmo tempo, vivenciar um estilo de vida mais simples, menos corrido e mais sustentável; enquanto contribuem em iniciativas sociais e colaboram, aprendem, compartilham a vida e passam bons momentos com as pessoas que encontrarem pela vida afora.

O projeto Pela Vida Afora se apoia em três pontos principais, que decidimos chamar de: Lugares, PessoasCoração. Envolve mudanças que já estávamos tentando realizar em nossas vidas havia algum tempo. O primeiro ponto é que, como gostamos de nos mudar e conhecer novos lugares, gostaríamos de experimentar poder fazer isso com mais frequência ou por um período de tempo maior, queríamos fazer uma longa viagem. O segundo ponto é que estamos sentindo vontade de nos conectar com as pessoas de uma forma mais intensa, queremos nos sentir como parte de um todo e contribuir de alguma forma para o coletivo. O terceiro ponto é que queremos tirar um tempo para nos dedicar ao auto-conhecimento, ter uma vida menos corrida e mais simples e mais conectada com a natureza e ter mais tempo para apreciar os momentos com mais intensidade.

Essas não são mudanças fáceis e envolvem muitas coisas. Por isso, apesar de termos planejamos várias vezes, sempre acabamos deixando de lado. Mas, ultimamente, estamos tentando evitar deixar as coisas para depois. Porque a vida vai passando e o depois nunca chega. Nos demos conta de que o mais difícil para se fazer essas mudanças era o medo de abandonar a zona de conforto. Foi então que, dessa vez, decidimos parar tudo e priorizar isso agora. Vamos do jeito que dá: com pouco dinheiro e muita vontade de viver nosso sonho!

O projeto Pela Vida Afora é a concretização desses três pontos simultaneamente:

Lugares

É uma longa viajem de bicicleta pela América do Sul, uma cicloviagem, percorrendo mais de 7 mil quilômetros e passando por seis países, durante um ano. Mas não queremos simplesmente fazer turismo do modo tradicional, em que se chega rapidamente ao destino, janta em restaurantes e dorme em hotéis. Nada contra esse tipo de viagem, que já fizemos outras vezes. Mas nosso intuito agora é diferente, queremos experimentar um outro modo de viajar.

Procuramos uma interação mais intensa, viver o lugar e a cultura, conhecer as pessoas e fazer novos amigos. Vamos visitar os lugares para além da rota do turismo tradicional e conhecer, também, as localidades distantes dos grandes centros. Desejamos conhecer lugares menos badalados pelas agências de turismo mas, nem por isso, menos interessantes e encantadores. E não queremos visitar apenas o destino final, mas apreciar o próprio trajeto em si. E a bicicleta é um ótimo meio de transporte nesse caso.

Pessoas

É uma cicloviagem para conhecer pessoas e fazer amizades. Uma viagem para conhecer culturas, costumes e estilos de vida diferentes. Ainda não sabemos como vai ser a comunicação, já que não falamos espanhol. Mas temos certeza que todos nos entenderemos.

Estamos indo com um profundo sentimento de servir e colaborar com os outros, dar nossa pequena contribuição para fazer do mundo um lugar melhor. Por isso, ao longo da viagem, queremos contribuir com nosso trabalho em iniciativas e projetos sociais que nos identificarmos no caminho. Queremos trabalhar em prol de causas que acreditemos ou, simplesmente, ajudar as pessoas que conhecermos por meio de algo que saibamos fazer. Ainda assim, estamos abertos para contar com a colaboração das pessoas, afinal, somos todos interdependentes, apesar de esquecermos disso às vezes. Enfim, estamos indo com as portas de nossas almas abertas e desejamos encontrar pessoas que abram as suas para nós.

Coração

É também uma viagem interna. Vamos viver com pouco e levar somente o necessário. Teremos o mínimo de coisas e o máximo de tempo para apreciar a vida com mais intensidade: curtir as pessoas, o amor, os amigos, a família, a natureza, as belezas do caminho, o aqui e agora ou o simples prazer de bater um bom papo na cozinha enquanto toma um café quentinho.

Vamos vivenciar um período onde poderemos viver em um ritmo mais lento e com mais simplicidade, estando mais disponíveis, mais presentes, tanto enquanto casal, como na relação com nossos cães. E, juntos com eles, viver um período de maior disponibilidade e integração um para o outro, conhecendo novos lugares, pessoas, paisagens, cheiros, sons e sabores. Enfim, sair pela vida afora vivendo momentos vibrantes e profundos lado a lado, homem e mulher, humanos e cachorros.

Resumindo

Enfim, podemos dizer que essa é uma clicloviagem, para se conhecer lugares, se conectar com pessoas e com nós mesmos. Acreditamos que essas três coisas se ligam e se completam, pois quando viajamos, ficamos abertos a outras culturas e isso faz com que conheçamos melhor nossa própria, por exemplo. Quando conhecemos melhor o outro, acabamos por nos conhecer melhor também. E, quanto melhor estamos internamente, mais vontade temos de nos integrar com as pessoas à nossa volta.

Queremos dividir a felicidade que estamos sentindo em realizar esse sonho com todos vocês. Por isso, queremos, de alguma forma, compartilhar nossa experiência e nosso dia-a-dia com quem quiser viver essa experiência com a gente e quem desejar conhecer um pouco mais daquilo que vivenciarmos. Para isso, vamos registrar tudo em fotografias, vídeos e textos e disponibilizar materiais no Site e no Facebook.

Veja mais:

Sobre Nós - Daniel, Eveline, Ozzie e Maya - Pela Vida Afora

Sobre nós:
Eveline, Daniel, Ozzie e Maya.
Conheça um pouco mais
sobre cada um de nós.

Aonde Vamos pela Vida Afora - Estrada com montanha

Aonde vamos?
Conheça o trajeto que pretendemos seguir.

Facebooktwittergoogle_plusmail
  • Ana Paula

    Boa tarde Eveline e Daniel, li no Clube Guepardo, amei a reportagem! Sempre tive curiosidade pra saber se alguém faria uma ciclo com seus pets, e olha minha surpresa, fiquei muito encantada, adorei o vídeo e as ideias. A minha fox paulistinha, a Pedrita, já é uma idosinha, e tem alguns problemas de saúde….mas creio que com este bike trailer seria uma opção bem interessante! Parabéns pela linda aventura e vcs são um casal muito especial! Tentarei acompanhá-los….Abs e boa viagem!

    • Daniel Fontoura

      Olá, Ana Paula! Que legal que gostou!
      O Ozzie também é bem idoso e tem alguns probleminhas de saúde. Ele tem 12 anos e tem que tomar 3 remédios por dia: 2 de manhã e 1 à noite. Nós sempre carregamos sua medicação diária com a gente e mais algumas coisas pra emergência. Ele fica super confortável no trailer e quase sempre dorme durante os percursos. Ao invés de nos desestimular, a idade do Ozzie foi uma das questões que nos motivaram a viajar. 😉